22 de junho de 2012

Blogagem coletiva do Blog, Café entre amigos, tema desta semana, Fatos sobre o ano que nasci.
Nasci em 1967, e lá se vão quase 45 anos desde então, o tempo passa rápido quando tudo é bom.
E em 1967 acontecia:
Meu nascimento, o mais importante (rssrs)

Eu com 9 meses

Lançamento do livro 100 anos de solidão, de Gabriel Garcia Márquez,


.O Governo Brasileiro desvaloriza o cruzeiro, instituindo o cruzeiro novo.
.Marechal Arthur da Costa e Silva assume a presidência da República (Brasil)

Ernesto Che Guevara é capturado na Bolívia e em seguida fuzilado 
Morte do escritor João Guimarães Rosa 

Dr. Christiaan Barnard realiza o primeiro transplante de coração 

novelas no ano:
Estrelas no Chão, de Lauro César Muniz 
Meu Filho, Minha Vida, de Walter George Durst, baseada na obra de Emile de Richebourg 
O Anjo e o Vagabundo, de Benedito Ruy Barbosa (1966-1967)


A Rainha Louca, de Glória Magadan (1967) 
O Rei dos Ciganos, de Glória Magadan (1966/67) 
O Sheik de Agadir, de Glória Magadan (1966/67) 

nascia:

Guilherme Fontes


Isabela Garcia

Inauguração da Rede bandeirantes de televisão



Criação da Funai


Santos em 1967
A Ford produz seu primeiro automóvel brasileiro, o Galaxie 500 motor V8 de 4,5 litros 

Caetano Veloso defende Alegria Alegria na final do festival de 1967

23 comentários:

Ivana disse...

Quantos datas importantes, mas sem dúvida a mais importante é a primeira.
Obs.: meu pai teve um galaxie cor cinza, viajamos com ele até o Uruguai, foi uma aventura!
Abraços!

Patricia Galis disse...

Que delicia de postagem amiga, sua foto é lindinha demais que cute cute gentemm, eu nem imaginava que Cem anos solidão tinha sido lançado em 67, eu já li duas vezes amooo este livro. Até hoje ainda canto alegria alegria kkkk Bem que poderia ter esses festivais novamente. Agradeço de coração a sua participação.

Geíza Bolognani disse...

Que legal, adorei seu post e essa idéia da BC... o ano que nasci. Como faço para participar? Será que ainda dá tempo? Bjks.

Dilmar Gomes disse...

Mary, guardo na memória com muito carinho, lembranças relativas ao ano de 1967. Eu tinha 15 anos - nasci em 1952 - Inclusive vivi uma paixão platônica naquele ano. Acho que a menina nunca soube de nada.
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

Debby disse...

Maryyyyy qye legal..

Que legal quando tiver outra blogagem dessa me chama...

Amei

Bjs
Debby :)

Patrizia Dias disse...

Que postagem linda, fatos muito importante sem duvida, adorei ter posto sua foto. Já estou seguindo o blog.

Pastor Edinaldo Domingos disse...

Também escrevi no meu blog, e o ano foi o 1966. Espero que vc goste. gostei da sua, boas informaçoes. Essa "Blogagem Coletiva" veio e vai ficar.

pr-edinaldodomingos.blogspot.com.br

Jorge disse...

Que fatos espetaculares ue ocorreram neste ano gostei muito da sua postagem, eu tbm participei.

J Araújo disse...

Passei para conhecer seu blog e tive a grata surpresa de conhecer um pouco de história.

Parabéns!
Bj

Gabriela Palombo disse...

Sua foto de bebe é demais, parabéns pela postagem ficou ótima.

Waldir disse...

Muita coisa boa nesse ano, gostei muito da blogagem.

Bandys disse...

Mary,
Muito legal.
Mais o mais importante fi seu nascimento, rss.

Beijos.

Carol M disse...

Quanta coisa aconteceu em 67!!!

Eu nem imagino o que aconteceu no ano em que nasci, hehe ... agora fiquei curiosa!

Bjinhos

Maria Eduarda disse...

Amei a postagem que bebe mai lindinho rs, aprendi muito aqui valew.

Luciana Souza disse...

Oi Mary
Me desculpe, estou meio sumida por aqui, hoje fui a São Vicente, e me lembrei de você, é que fui "correndo". Então você é de 67, é seis anos mais velha do que eu só, é a diferença entre meus dois filhos, eu sou de 73, muito bonitinha a sua foto bebê, e legal ter colocado os fatos que ocorreram no ano em que você nasceu. Adorei o post!
Bjos. e um ótimo domingo.

Rita disse...

Maravilha essa postagem coletiva
tem coisas lindas , e algumas que nem sabia, parabéns gostei muito
Abraços de bom domingo
Rita!!!

Dri Andrade disse...

Que legaaal essa postagem!!!
Olha uma coisa que eu não sabia era o ano do Cem anos de solidão, adorei saber, tenho esse livro e adoro.

Parabéns adorei bjs

Clara disse...

Como é bom lembrar dessas coisas...
Sou 2 anos mais velha...

Muito bom, adorei... beijos

Rosa Branca disse...

Linda participação, tenha uma otima semana.
Mensagem do dia: http://agape-amorverdadeiro.blogspot.com.br/2012/06/nao-condene-o-que-voce-nao-entende.html

pensandoemfamilia disse...

Interesante esta coletiva, uma resprospectiva histórica.
Grata pela vicita, vc é muito bem-vinda
Bjs

SONINHA disse...

Olá Mary!!

Belo post!!!
Saudades,miga!!
Bom final de semana!!!
beijos no core.Soninha.

Cris Coelho disse...

Amei o blog, o estilo vintage e até o texto do "comentário" precisamos sim, respeitar, solidarizar, compartilhar para depois... amar. Parabéns Mary!

Álvaro Lins disse...

Caetano e Che:)!
Bjo

Seguidores

Quem sou eu

Quem sou eu
Gosto da beira do abismo, sento, e o vejo mais próximo, quando o sinto distante, corro para ele a passos largos, demonstrando assim minha insanidade muitas vezes. Se não o faço, sinto me morta por dentro, a espera da maneira que minha alma sobrevive, na pulsação mais forte que um coração possa suportar. Não sei viver se não for na intensidade da pele, no suor da vida. Não pertenço ao grupo dos que calam por tudo, não definitivamente não pertenço, sou o recomeço sempre, sou dor aguda, felicidade extrema, sou suor, lágrimas fáceis, sou mulher com alma. Angela Manzotti

Clubinho

OMundoDeCaliope

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CocoPPa

CocoPPa
Para Apps baixe no se android

No seu android

No seu android

Postagens populares

Contato

Contato
blogandoporai@yahoo.com.br

Participando

Verdades

Verdades
Como culpar o vento pela desordem feita se fui eu que esqueci a janela aberta?

Tempo

Tempo
"Moça tola, para de desperdiçar flores, brincando e sentido as dores, do bem me quer ou mal me quer. As ações dele já te responderam, você só não compreendeu, porque finge ser incapaz, toma uma dose de amor próprio, e deixa o jardim em paz."

Assim

Assim
“Fui abençoada com um coração meiguíssimo e em contrapartida com um pavio bem curto. Exatamente igual a um vidro: se me jogar no chão, eu quebro... mas se me pisar, te corto”

Saudade

Saudade
"E liga de madrugada, escuta aquela voz, coração dispara e você não fala nada. Sim. Sintomas de saudade.

Verdade...

Verdade...

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs

Tecnologia do Blogger.